trekking é uma modalidade de caminhada (curta ou longa) por trilhos e montanhas que une a atividade física saudável ao contato com a natureza. Por ser uma atividade física de baixo impacto, é um excelente desporto que pode ser praticado por qualquer pessoa saudável, desde os mais sedentários até os mais ativos e em todas as idades.

As pessoas que praticam trekking aliam o prazer em disfrutar da natureza aos benefícios da atividade física, tentando fugir do stress do dia-a-dia. Para quem não pratica atividade física regularmente, o melhor é fazer algum exercício em caminhadas mais curtas.

Não existe uma idade mínima para praticar trekking. Uma das melhores formas de se iniciar nesta modalidade é fazer um trekking através de uma empresa especializada acompanhado por guias experientes. Deste modo, é possível avaliar de forma concreta e segura o ritmo da pessoa, as suas necessidades e dificuldades durante o percurso. Mesmo contando com o auxílio dos guias, é interessante prestar atenção ao caminho e nas soluções dadas aos problemas que surgirem para aprender a caminhar em ambientes naturais.

  

HISTÓRIA

O termo trekking tem origem africana e quer dizer seguir, a pé, um ritmo ou percurso. Nasceu no século XIX, mais precisamente com os holandeses que colonizaram a África do Sul. Inicialmente, eles usavam o termo “trekking” para se referir à resistência física e ao sofrimento.

trekking é seguramente o desporto que permite um maior equilíbrio entre a condição física e mental. Isso acontece porque ele junta a prática da atividade física ao contato com a natureza, ajudando no relaxamento, na reflexão e no contato com o “eu” interior. Essa ligação direta com a natureza e consigo mesmo é positivo, tanto a saúde física, quanto a saúde emocional dos seus praticantes.

Hoje em dia todos nós temos vidas muito agitadas, a oportunidade de oferecer um tempo a si mesmo, em contato com a natureza, é uma forma de conseguir relaxar, recuperar as energias e se preparar para levar a rotina com mais leveza e serenidade.

 

Tipos de Trekking

Existem diferentes tipos de trekking, que podem ser de lazer ou competição e conter outras características como duração, distância, velocidade e regularidade.

Trekking de um dia

Com curta duração, é uma atividade de lazer muito utilizada, principalmente próximo aos grandes centros urbanos. A caminhada tem aproximadamente 10 km com início e fim bem definidos.

Trekking de longa distância

Trata-se de uma atividade de lazer, uma caminhada realizada entre dois pontos, cujo objetivo final é atingir o local proposto. Os trekkings mais longos podem durar vários dias, e é praticado por grupos com equipamentos e alimentação própria.

Trekking de regularidade

Tem um caráter competitivo. É pré-determinado pela organização, a realização de um percurso, com tempo e local definido. O importante não é a velocidade e sim manter-se no percurso correto e no tempo determinado.

Trekking de velocidade

Também tem um caráter competitivo e são conhecidos por trekking de aventura. O objetivo é alcançar pontos de controlo definidos pela organização da prova, no menor tempo possível, utilizando o caminho que melhor se adapte e utilizando recursos como cartas de navegação e bússola.

 

BENEFÍCIOS DO TREKKING PARA A SAÚDE

A prática de trekking promove o bem-estar do corpo e da mente. Caminhar em contato com a natureza, respirar o ar puro e sentir o vento correr pela pele, faz com que a mente relaxe, melhorando, consideravelmente, a autoestima e a qualidade de vida.

Mas estes não são os únicos benefícios para os praticantes de trekking. Conheça as vantagens deste desporto para todo o corpo:

Melhora a resistência cardiovascular

A caminhada é um exercício que aumenta a frequência cardíaca, melhora a condição física e, por ser uma atividade aeróbica, influencia também o coração, facilitando o controlo da pressão e peso.

Fortalece o sistema circulatório

Durante a caminhada o fluxo de sangue aumenta, levando as artérias, veias e vasos capilares a dilatarem. Com isso, o transporte de oxigênio torna-se mais eficiente em todo o corpo, inclusive nos membros periféricos como braços e pernas. E o melhor tudo: esses efeitos têm a duração de 24h após a realização do exercício.

Diminuição do stress

O contato direto com a natureza e o equilíbrio entre o corpo e a mente faz com que as dificuldades do quotidiano sejam superadas com mais tranquilidade. Os sons da natureza e o ar puro melhoram o humor e potencializam a sensação de bem-estar.

Todos estes benefícios ajudam a melhorar a qualidade de vida dos praticantes de trekking. Com isso, melhora o sono, o humor, a ansiedade é controlada, a mente desacelera e os dias tornam-se mais leves e menos stressantes.

 

Equipamentos para Trekking

Os equipamentos necessários para o trekking são mais baratos em comparação com outros desportos de aventura, mas mesmo assim precisam ser escolhidos com muito cuidado e critério, avaliando não apenas preço, mas também a qualidade. Equipamentos adequados podem garantir maior conforto à atividade.

Calçado

Por se tratar de uma caminhada, o calçado tem uma importância fundamental. As botas oferecem segurança ao tornozelo nos diversos terrenos e, por isso, são as mais recomendadas.

Meias

Além do calçado, as meias são essenciais para que o atrito entre o pé e o calçado não acabe com as chances de uma caminhada leve e tranquila. Por isso, dê preferência para meias de lã, que diminuem o atrito. Meias térmicas também podem ser ótimas opções.

Mochila

Uma mochila impermeável e de bom tamanho é essencial para guardar todos os objetos necessários. Dê preferência às mochilas que ofereçam sistema Dry System nas partes em contato com o corpo, para que o suor seja absorvido. O tamanho deve ser escolhido conforme a duração do trekking e a quantidade de coisas que precisa levar.

Cantil

Hidratação é indispensável nas caminhadas, sejam elas competitivas ou apenas de lazer. Por essa razão o cantil, de no mínimo um litro, é uma peça fundamental na mochila de um praticante de trekking.

Chapéu / boné

O cuidado com o sol e a chuva também é muito importante para que a caminhada seja uma experiência positiva para aqueles que a praticam.

Bússola

Este item é, principalmente, para os praticantes em nível de competição de trekking de velocidade ou de regularidade. O sucesso da prova está diretamente ligado ao bom uso deste equipamento de orientação.

Bastão de caminhada

Dependendo da distância entre os pontos em que se faz o trekking, um bastão é indispensável para facilitar as passadas, dando mais estabilidade nos terrenos com desnível.

Roupa

As calças-bermudas são as mais utilizadas para a prática do trekking. São calças bastante versáteis porque permitem a retirar a parte de baixo, transformando as calças numa bermuda, o que diminui a quantidade de roupa a ser carregada. Recomenda-se também a utilização de roupas claras (que absorvem menos calor) e vale sempre a pena levar na mochila um corta-vento ou capa de chuva, além de um casaco, caso o tempo mude.

Acessórios

Não esquecer também de um protetor solar, alimentos energéticos, lanterna, kit de primeiros socorros e reserva de pilhas. Lembre-se, prevenir é melhor que remediar.

DICAS PARA PRATICAR TREKKING COM SEGURANÇA

O trekking é uma das atividades praticadas na natureza mais seguras que existem. Porém, algumas coisas devem ser levadas em conta e analisadas antes de partir para a caminhada. Fique a conhecer algumas dicas mais importantes para que possa ter uma experiência com segurança.

Faça uma avaliação física

Embora o trekking seja uma atividade de baixo impacto, que pode ser realizada pela maioria das pessoas, é fundamental, antes de se aventurar por percursos, fazer uma avaliação médica apenas por segurança. Desta forma, irá conhecer melhor o seu corpo e estabelecer os seus próprios limites físicos.

Contrate um guia

Na realização dos seus primeiros trekkings, é essencial estar acompanhado de um guia experiente, que conheça os caminhos. Ele irá auxiliar a encontrar o ritmo ideal e avaliar as suas necessidades e dificuldades durante o percurso. Além de dar mais segurança, essa é uma forma de ganhar experiência na resolução de problemas, na escolha dos melhores caminhos e de aprendizagem sobre como caminhar na natureza.

Participe em grupos

Outra forma muito usual de se iniciar no trekking é participando em grupos organizados. Os percursos são feitos com um maior número de pessoas e, principalmente, com outras mais experientes que saberão indicar a intensidade e dificuldade ideais para cada perfil de participante.

É uma excelente forma de fazer amizades, ter novas experiências e desfrutar da natureza de uma forma segura. Vale a pena reforçar que esses grupos respeitam sempre o ritmo dos companheiros, afinal, no trekking o mais significativo não é a chegada, mas sim o percurso.

Respeite o seu corpo

Esta, talvez, seja a dica de segurança mais importante para quem pratica trekking. O cansaço é a maior fonte de acidentes e percalços nas caminhadas, por isso, ouça o seu corpo, entenda as suas necessidades e limites. Dores intensas e fadiga são sinais claros de que algo não está bem, ou que o seu corpo atingiu o limite. Respeite esses sinais e saiba quando parar ou retomar a caminhada.

____________________________

 

O trekking é um excelente exercício para conectar o corpo e a mente, alivia o stress e recarrega as energias. Muito seguro, o desporto pode ser praticado pelos mais diversos públicos e idades. Aproveite o silêncio, descanse a mente e fortaleça o corpo.

Queres saber mais sobre trekking?

A Strike Tours é especialista na organização de trekkings.

Fica a conhecer a nossa oferta durante todo o ano!